LUSÁGUA

LUSÁGUA elege SAS Visual Analytics para obter uma rápida e eficiente visualização e exploração dedados para gestão e diminuição de perdas nos sistemas de abastecimento de água

A LUSÁGUA, empresa que centraliza os serviços ambientais do Grupo AQUAPOR, implementou o SAS Visual Analytics de forma a fazer o controlo da gestão de perdas de água, com o intuito de prever o caudal que está a passar num eterminado ponto da rede. Com a ferramenta SAS a empresa consegue visualizar e comparar, de forma gráfica e intuitiva, aquilo que se está a passar, podendo agir de forma imediata assim que é detetado algum desvio ou anomalia, evitando muitas vezes custos desnecessários.

Pudemos adaptar o Visual Analytics e todos os relatórios às nossas necessidades. Pusemos a aplicação a mostrar exatamente os dados que queríamos e da forma que se adapta à nossa realidade

Hélio Pereira
Project Manager da Aquapor
Utilities

Detetar as perdas de água e agir no imediato.

A LUSÁGUA - Serviços Ambientais, S.A. é a empersa prestadora de serviços ambientais do Grupo Aquapor, tais como a operação e manutenção de ETAR e de outras infraestruturas hidráulicas, assistência técnica, auditoria especializada e controlo analítico, entre outros.
Na LUSÁGUA a prioridade são os clientes, o que se reflete numa procura da melhoria continua dos níveis de serviço e um incremento da eficiência operacional.
Detetar as perdas de água e agir no imediato é um ponto crucial para a LUSÁGUA que, por isso mesmo, a determinada altura procurou o SAS, tal como começa por nos explicar Hélio Pereira, Project Manager da AQUAPOR Acontece que na gestão de perdas de água é necessário realizar cálculos estáticos elevados de forma a conseguirmos prever qual o caudal que se espera obter determinado ponto da rede e este aspeto não é assim tão trivial como parece…”.

Desta forma, a LUSÁGUA optou pela implementação do SAS Visual Analytics nas suas concessões para assegurar a gestão e controlo das perdas de água nas redes de abastecimento e distribuição “O Software do SAS realiza todo o cálculo estatístico necessário para calcular o forecast do caudal que está a passar na rede, indicando o perfil de consumo que temos para esse ponto de medição. E, se porventura, acontece algo como uma rutura, ou uma fuga, o software deteta estes casos marcando-os como eventos que são posteriormente sujeitos a uma análise específica, o que é para nós muito importante pois existem pequenas perdas que não são facilmente detetáveis e que fazem toda a diferença ao final de uns tempos…” adianta Hélio Pereira.

Para se compreender melhor o âmbito de todo este processo, um dos aspetos essenciais na gestão de redes de sistemas de abastecimento de água é a otimização do rendimento do sistema, que, entre outras medidas, se obtém através da minimização das perdas de água e da diminuição, controlo e celeridade de resolução de roturas, com grandes implicações ao nível de custos. Daí a importância deste minucioso trabalho e a premência em arranjar ferramentas e soluçõesque consigam detetar estes desvios. Há por exemplo que saber distinguir o que é um consumo normal de outro que seja atípico, pois existem determinadas situações pontuais que podem justificar alterações no perfil do consumo de água, e este e outros pontos são decisivos e determinantes.

Outro aspeto importante realçado por Hélio Pereira foi o facto do software do SAS “… permitir trabalhar a grande quantidade de dados que diariamente é produzida. Só para contextualizar, temos numa zona de abastecimento de água, pontos de entrada de água e pontos de medição e pontos de consumo, sendo que de 15 em 15 minutos recebemos dados vindos de todos estes pontos, o que por dia resulta num elevado número de dados.” E neste caso o valor do Big Data advém não da quantidade de dados, mas sim do tratamento e respetiva análise feita de forma rápida e eficiente pelo Visual Analytics.

Outras das mais-valias reconhecidas pela LUSÁGUA foi a maleabilidadeda solução SAS e o fato desta não ser estanque uma vez que permitiu à sua equipa, em conjunto com o SAS, desenvolver alguns aspetos da aplicação implementada “O que foi muito positivo pois fizemos uma série de alterações e pudemos adaptar o Visual Analytics e todos os relatórios às nossas necessidades. Pusemos a aplicação a mostrar exatamente os dados que queríamos e da forma que se adapta à nossa realidade. Conseguimos por exemplo ver que pontos de medição dão mais problemas, aceder a cálculos estatísticos que para nós são essenciais, como o preço do metro cúbico de água num determinado ponto de medição… Para além disso, os dados e a informação é-nos apresentada de forma simples, intuitiva, gráfica, o que nos permite tomar decisões de forma rápida e eficiente”. clarifica Hélio Pereira.

Para além da flexibilidade, outro aspeto benéfico desta solução é a georreferenciação através da qual se passa informação para a equipa que está no terreno já com o relatório completo sobre a atual situação e, assim, essa equipa consegue ter noção da área onde tem de atuar. Este é um projeto complexo, que sofreu algumas alterações ao longo do seu desenvolvimento, mas que com a dedicação, trabalho e envolvimento dos técnicos envolvidos no projeto, e na parceria LUSÁGUA/SAS, está a correr bastante bem.  “Neste momento a aplicação, que designámos por NEPTUNE, encontra-se instalada numa das empresas da AQUAPOR, com medição, monitorização e determinação de forecast das grandezas caudal e presssão, sendo objetivo do Grupo, de acordo com a sua estratégia, a implementação nas restantes empresas, assim como a adição de uma terceira variável - temperatura.

O processo inicial foi moroso e com bastantes dificuldades, tendo sido necessário uma análise exaustiva de todos os aspetos e informação associados, definir objetivos e estabelecer metas. No entanto, “os resultados são bastantes positivos, superando as expetativas, o que nos deixa muito satisfeitos e convictos de que esta será uma ferramenta essencial na gestão de sistemas de abastecimento de água”, concluiu Hélio Pereira.

Drop of water

Desafio

Conseguir fazer a gestão das variáveis operacionais e eventos associados a sistemas de abastecimento de água, acedendo a relatórios e tendo a capacidade de visualização e exploração dos dados, de uma forma rápida e acessível.

Solução

SAS Visual Analytics

Benefícios

  • Gestão de caudais, pressões eoutros parâmetros em real time.
  • Capacidade de visualização, análise e exploração de grandes volumes de dados, de forma gráfica, rápida e eficiente
  • Georreferenciação
  • Redução do tempo de resposta

Sobre o SAS

O SAS é líder em software analítico e serviços de consultoria, e o maior fornecedor independente no mercado de business analytics. Com aplicações de negócio inovadoras, suportadas por uma plataforma de inteligência empresarial, o SAS ajuda os seus clientes distribuídos por mais de 80.000 locais a tomarem as melhores decisões de forma mais rápida, aumentando o seu desempenho e valor de negócio. Desde 1976 que o SAS oferece aos seus clientes THE POWER TO KNOW®.

Back to Top