SAS contabiliza mais um ano de crescimento no Brasil e tem novos mercados como foco de expansão em 2017

Setores como os de Serviços Financeiros, Telecom, Governo e Varejo estão entre os destaques de atuação da companhia

O SAS, líder mundial em soluções de Analytics, comemorou em 2016 seu 40º aniversário e duas décadas de presença no mercado brasileiro. Nesse período, a empresa obteve mais um resultado positivo em todas as suas linhas de soluções, contrariando todas as expectativas diante de um cenário de instabilidade econômica no país.

Segundo o presidente do SAS na América Latina, Conrado Leister, 2016 foi um ano especial para a companhia, resultando em um crescimento exponencial da operação. "Se eu precisasse listar as áreas da empresa em que mais tivemos destaque, estas seriam as de Fraude e Customer Intelligence", diz o executivo. "Os pilares de soluções estratégicas do SAS em 2016 representaram mais de dois terços das vendas da empresa no Brasil. A distribuição entre cada uma delas está bem equilibrada, mas Fraude e Customer Intelligence representaram mais da metade", completa.

Estes resultados, inclusive, refletiram nos investimentos feitos em 2017 na instalação do novo escritório da empresa em São Paulo, inaugurado no dia 18 de abril, e também na ampliação das equipes.


De olho em novos mercados

Entre as indústrias com as quais a empresa atua, foram obtidos resultados significativos em Serviços Financeiros - incluindo o mercado de seguradoras -, Telecomunicações, Governo e Varejo. São áreas de negócios onde o SAS sempre se destacou, mas que tiveram em 2016 uma curva acentuada de crescimento, representando cerca de 80% das vendas do SAS no Brasil. Os outros 20% tiveram destaque com as indústrias de Serviços, Manufatura e Healthcare.

Para 2017, o foco do SAS no Brasil continua voltado para as áreas onde se mantém em destaque, mas outras já estão nos planos da empresa, segundo Conrado Leister. "Com o amadurecimento da Internet das Coisas, o setor de manufatura também passa a demandar por muitas das novas soluções de inteligência oferecidas pelo SAS", diz.

No país, a região Sudeste continua liderando em termos de volume de negócios, sendo responsável por cerca de 80% da receita do SAS em 2016. As regiões Centro-Oeste, especialmente em Brasília, e Sul foram as que mais cresceram no período e por isso passaram a integrar o foco de expansão para o SAS em 2017, sendo a região Sul uma das mais promissoras.

O crescimento no número de clientes em 2016 foi de cerca de 10%, impulsionado pelo aumento significativo do ticket médio de aquisição. Esse número demonstra o valor que os clientes estão encontrando nas soluções do SAS para os seus negócios. A taxa de renovação de contratos segue elevada, dando continuidade a uma média histórica de vários anos do SAS, na ordem de 98%.


Soluções-chave

Para o mercado brasileiro, o SAS vem reforçando nas inovações. Uma delas é o RaaS (Result as a Service), que faz parte das soluções que a empresa oferece no segmento de Cloud, proporcionando a entrega de resultados para um problema específico de negócio, sem que o cliente precise investir em licenças de software, equipamentos, serviços, infraestrutura ou mão de obra especializada.

Outra tecnologia cujo foco está sendo ampliado em 2017 no Brasil é sua nova arquitetura de software, o SAS Viya, que consolida todas as soluções SAS em uma única plataforma, mas também abre espaço para que programas Open Source rodem de forma integral dentro do SAS. Além disso, a empresa como pioneira no desenvolvimento de aplicações de Machine Learning e Inteligência Artificial.

Crescimento global

Ainda em 2016, a empresa expandiu suas operações em escala global, mantendo o crescimento em receita e lucratividade, registrando US$ 3,2 bilhões em receita total. Isso representa até 4% em valor corrente (1,3% em dólar americano). As vendas de software aumentaram 9% em valor corrente (7% em dólar americano), sinalizando uma demanda contínua pelas soluções de Analytics.

"Nosso objetivo é ajudar cada cliente a transformar os insights gerados pelo Analytics em valor. Fazemos isso nos adaptando às mudanças do mercado, trabalhando com tecnologias disruptivas e mantendo o comprometimento com a inovação. Isso permitiu que a empresa continuasse como líder em todos os principais mercados, ao mesmo tempo em que fornecemos soluções para os principais desafios dos nossos clientes”, diz o CEO do SAS, Jim Goodnight.

A Ásia-Pacífico e a América Latina foram as regiões de maior crescimento, uma vez que os clientes nesses locais fizeram usos mais estratégicos do Analytics. Em todas, houve crescimento de receita das principais tecnologias do SAS, incluindo Data Management, Analytics e Business Intelligence. Entre as verticais, os setores bancário, governo e as saúde foram os que mais cresceram.

Em 2016, cerca de 3 mil novos clientes buscaram valor por meio das soluções do SAS. Entre os quais, destacam-se o Boston Bruins; a ferroviária finlandesa VR Group; a Imperial College de Londres; a Pennsylvania Patient Safety Authority; o grupo financeiro AIB, da Irlanda; e a clínica de saúde CrescentCare, de New Orleans.

Para atender a demanda, o SAS abriu novas unidades em Dublin, em Paris e em Detroit para dar apoio ao crescimento da indústria automobilística. Um novo prédio de escritórios já está em construção na sede do SAS em Cary, na Carolina do Norte.

Fatores de crescimento em 2016

De acordo com a Forrester, o SAS foi considerado o único líder em soluções corporativas de insights em 2016. As vendas de software de Analytics, gestão de dados e ferramentas básicas tiveram um crescimento de 8%, representando mais da metade do total de receitas em 2016. A empresa segue buscando novos meios para que os clientes tenham acesso às soluções e aos conhecimentos especializados por meio de ofertas como o SAS Cloud Analytics e o SAS Results as a Service.

No caso do RaaS, que teve um aumento significativo em 2016, a expectativa é de que ele continue em crescimento em 2017, conforme os clientes percebam o rápido retorno do investimento por não terem de investir grandes somas em infraestrutura ou na aquisição de licenças de software, por exemplo.

Globalmente, a inteligência voltada para fraude e segurança teve crescimento de 36%, diante da necessidade das empresas quanto ao combate a fraudes e crimes financeiros, fazendo uso do compliance para reduzir as perdas resultantes da lavagem de dinheiro.

Os parceiros do SAS tiveram influência em quase um terço das vendas globais. O programa de canais da empresa — que engloba as revendas, as OEMs e os prestadores de serviços — tem como foco ajudar os clientes a implementarem a tecnologia do SAS da maneira mais adequada às suas necessidades e às de seus próprios clientes.


Inovação contínua

Os analistas do setor classificam o SAS como líder em análise preditiva e avançada, em inteligência de clientes, gestão, integração e qualidade de dados. De acordo com o IDC, a liderança do SAS se traduz em 31,6% do mercado de análise avançada e preditiva. A empresa também foi reconhecida pelos analistas do setor como líder em detecção de fraudes, análise de risco e varejo.

Ano após ano, o SAS reinveste em pesquisa e desenvolvimento cerca de duas vezes a média das principais empresas de tecnologia — o equivalente a 26% em 2016. Esse compromisso com a inovação é o que está por trás das soluções SAS Viya e SAS Customer Intelligence 360.

About SAS

SAS is the leader in analytics. Through innovative analytics, business intelligence and data management software and services, SAS helps customers at more than 83,000 sites make better decisions faster. Since 1976, SAS has been giving customers around the world THE POWER TO KNOW®.

 

 

Editorial contacts:

Back to Top