SAS Brasil realiza pela terceira vez seu programa de incentivo à Educação

Desde a primeira edição, 64 estudantes já receberam o reconhecimento da empresa pelo bom desempenho na escola

O SAS, líder em softwares de Analytics, promoveu, pela terceira vez consecutiva, o Programa de Incentivo ao Ensino Fundamental e Médio. A iniciativa consiste em reconhecer e premiar os filhos de colaboradores, com idades variando entre 6 e 17 anos, e que tenham obtido a média 8 em todas as disciplinas referentes ao ano letivo de 2016. Atualmente, o SAS Brasil tem uma equipe de cerca de 200 colaboradores, sendo que 57 deles têm filhos que atendem a esses critérios.

Na terceira edição do Programa, foram premiados 19 alunos, que - junto a seus respectivos pais - receberam das mãos de Conrado Leister, presidente da empresa no Brasil e no Cone Sul, um prêmio equivalente a dois meses de mensalidades escolares. Os alunos também foram contemplados com um prêmio no mesmo valor, para ser usado da forma como quiserem.

Cada prêmio varia de acordo com a série do estudante, equivalente ao valor real da mensalidade da escola onde ele estuda. No primeiro ano do Programa, em 2014, foram premiados 21 estudantes, enquanto que na edição de 2015 foram contemplados 24 jovens.

Para Conrado Leister, a campanha é uma contribuição do SAS para a melhoria da Educação no país. "A inteligência é um dos valores da empresa, e foi pensando nisso que foi criado o Programa de Incentivo ao Ensino Fundamental e Médio, que serve de mecanismo para estimular essa mentalidade". Lançada no Brasil, a iniciativa vai ao encontro do ideal do fundador do SAS, Jim Goodnight, que é incentivar os estudos e estimular a formação de futuros profissionais na área da Estatística.

Segundo o gerente de Recursos Humanos do SAS Brasil, Tato Athanase, embora a empresa ofereça os subsídios em termos financeiros aos colaboradores para ajudar a manter seus filhos, há outro aspecto ainda mais relevante para o SAS. "O mais importante é a questão do estímulo e do incentivo para a criança. Com isso, ela passa a entender que há uma recompensa pelo esforço, pelo empenho e o sentimento de realização. É algo que ela poderá levar para o resto da vida, em qualquer contexto", diz.

 

Entre as melhores empresas do mundo para trabalhar

Em 2016, o SAS foi reconhecido como a segunda melhor empresa para trabalhar pelo ranking global Great Place to Work, sendo este o sexto ano consecutivo em que a companhia se destacou ao inspirar e motivar seus colaboradores.

Isto explica o fato de o SAS ter um dos menores índices de rotatividade da indústria de TI, o que contribui para manter seu capital intelectual. Com isso, os clientes sabem que podem confiar em um relacionamento de longo prazo com os colaboradores da empresa. As companhias listadas no World’s Best Multinational Workplaces são conhecidas pelos altos padrões de suas políticas e práticas de RH, sustentando, assim, a cultura de confiança depositada pelos seus colaboradores.

Sobre o SAS

O SAS é o líder de mercado em Analytics. Por meio de soluções analíticas inovadoras, voltadas para a inteligência do negócio e gerenciamento de dados, a companhia ajuda seus clientes em mais de 75.000 localidades a tomarem decisões de forma rápida e assertiva. Desde 1976, o SAS fornece aos clientes ao redor do mundo THE POWER TO KNOW® (O Poder do Conhecimento). No Brasil desde 1996, a subsidiária brasileira conta com mais de 200 clientes, escritórios em São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF), cerca de 180 colaboradores e atua em diferentes setores como finanças, telecomunicações, varejo, energia, governo, manufatura e educação.

Contatos:

  • SAS Brasil - Public Relations
    Milla Delfino
    milla.delfino@sas.com
    (11) 4501-5300

  • Informações para a imprensa:
    Alexandre Carvalho
    alexandre.carvalho@cdicom.com.br
    (11) 3817-7948

    Bruno Rico
    bruno.rico@cdicom.com.br

Back to Top